“Queimando Memórias…”

Ele e ela pegaram caminhos contrários outra vez… em vários momentos distintos de sua vida, ele percebeu esse movimento de relacionamentos e trocas, enquanto não mais imaginava o que se passava na cabeça dela, com ela, seja quem ela for e onde estiver… ele está seguindo… ou crê que está tentando!

Lembrou-se de uma situação em particular, onde promessas rolaram quando seus olhos se cruzaram e seus lábios se umideceram juntos pela última vez…

As lembranças vão se tornando mais espaçadas… os sentimentos confusos vão dando lugar às saudades daqueles íntimos encontros… que eram ao longo de toda essa jornada, pílulas de instantes vividos e corridos, sorrisos, altos papos e discussões, deflagrando um desejo sexual ardente em discordâncias com as vidas…

Cada um que tenha a sua, eles e elas só irão ficar juntos se entenderem esses indivíduos separadamente, como seres próprios de suas qualidades e defeitos, que comportam suas características particulares, e algumas delas são tão pessoais, que nunca as conheceremos por inteiro, como um todo, como muitas vezes acreditamos que deveria ser… o que?

As situações são sem controle, eles e elas acreditam de forma ardente que podem comandar seus desejos, domar seus sentimentos e compartilhar as estradas… porém, olha para as placas antes… observe os avisos, deixe suas lembranças boas dominarem quando uma ruim surgir…

Queime-a… e siga! 🙏

%d blogueiros gostam disto: