Lá Fora…

Lá Fora…

pode ser em um bar…

embaixo da lua…

em qualquer rua…

indistinta… e contornada…

Lá Fora…

pode ser depois daquela janela…

só se via o vulto…

estava nua…

e era…

Lá Fora…

pode ser depois de um filme qualquer…

de lavar as louças ou calçar chinelos diferentes…

uma porção de gente…

e ninguém… ao mesmo tempo…

Lá Fora…

era ela…

que ele a viu em linha reta…

não havia desvio…

pode ser naquela cachoeira, depois de uma trilha…

em qualquer lugar que você consiga criar uma história…

Lá Fora…

seus olhares cruzaram e suas vidas eram liames de desejos…

pode ser em uma carona como outras…

pode ser debaixo da janela do quarto de sua mãe…

pode ser agitando uma bandeira…

pode ser entre risadas e abraços…

Lá Fora…

ele só queria escrever sobre o que estava sempre sentido…

dentro de si mesmo, com as dores mais amargas de se ter…

ter…

uma chance de te pedir perdão…

e aí então a carne sossegaria em seu corpo…

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: