“Assumindo…”

a alegria de poder andar livre pelas ruas, sem ter medo de ser violentada ou qualquer outro tipo de agressão, apenas por existir do jeito que é e conseguir se assumir, independentemente de idade, e por não saber mais, “ter” que se encaixar em rótulos rasos para se definir, e entender que a bissexualidade não significa “viver em putaria”, e claro, dar muitas risadas das piadas, principalmente daquela que diz que os bissexuais “são 100% nas baladas…”

coisa boa né, poder ser 100%, poder viver livre e alegre, sabendo que vai se agradar e agradar ao próximo por essa simplicidade toda de existir no básico, no amor e na paz!

eu demorei um caralhão de tempo para compreender esses “trens” todos dentro de mim, tantas vozes falando ao mesmo tempo, tantos filtros sendo usados para ouvir melhor, e ouvir a vozinha da criança falando “vá brincar feliz…”, e ouvir a vozinha do artista falando “vá pintar ou não, mas vá feliz…”, e ouvir tantas outras vozes falando e se assumindo, e a mulher dentro de mim falando “vá ser feliz…”

eu tive a sorte grande de conviver e conhecer mulheres tão maravilhosas e inspiradoras, com histórias de vida tão ricas e diferentes, que é tanto aprendizado que transborda de mim… diferente dos “machos héteros cis”, principalmente aqueles que achavam que sabiam mais de mim e da minha vida do que eu mesmo… eu fiz e faço terapia há alguns anos, justamente para tentar chegar o mais perto de “mim”, daquilo que “eu sou”…

me assumi, sou um(a) escritor(a), sonho de infância que cresceu e tomou força numa das fases mais sinistras da minha vida e para entender, fui escrever… a arte nasceu comigo, dentro das minhas veias correm tintas, cores, pincéis, criatividade, lápis de cor e máquina de tatuagem… só coloco para fora aquilo que sinto, as telas contam histórias, e os contos curtos, bem, falem comigo, por que para mim está valendo muito a pena essa vida!

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

5 comentários em ““Assumindo…””

    1. Olá Marília, bem-vinda aos “Contos Curtos”… Fico feliz em poder ajudar com meus contos, são ideias idílicas sobre momentos reais e fictícios, que servem para isso mesmo, fazer as pessoas pensarem e refletirem sobre seus atos e seu próprio ser… Volte quando quiser e espalhe a mensagem de amor e paz para seus pacientes (imagino que deva ser terapeuta ao dizer que o garoto foi ao seu consultório)… Bons ventos vindo por aí, beijo grande em seu coração!

      Curtir

      1. Você é muito amoroso! Obrigada pela atenção e carinho! Eu exerço algumas profissões rsrsrs a de psicanalista é uma delas, a de corretora de imóveis do QuintoAndar é outra. Sou artista visual e escrevo um blog aqui também. Ainda estou buscando nos 58 minutos do segundo tempo um jeito de viver de arte. Sobreviver não me interessa! Rsr

        Curtido por 1 pessoa

      2. Obrigada pelas palavras! Adoro essa ideia da multipolaridade, somos seres inconstantes né, fazer tantas coisas legais, é muito inspirador! Que massa que também se assume artista visual, é uma das profissões mais lindas que existe! Parabéns… E continue, é o tempo que trás as realizações! E como psicanalista ainda, imagino quantas coisas incríveis você deve criar! ❤ =)

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: