“Um Diálogo Num Mar Qualquer…”

_ Eu vi que você estava me olhando!… Ele balançava a cabeça para tirar a água dos ouvidos…
_ Eu estava achando engraçado você brincando aí na água!… ela estava com um sorriso lindo no rosto, e continua dando risadas…
_ Que bom!… ele disse para ela. _ eu gosto de brincar! Olha para esse lugar, é o paraíso, tem que curtir não é mesmo? ele abriu os braços e rodou como se mostrasse toda a beleza do lugar para ela…
_ Eu gosto muito daqui também… ela comentou… _ sou suspeita, nasci aqui!… ela girou a prancha de bodyboard que estava segurando com as duas mãos, e agora apontava com a mão direita o objeto para as falésias naturais do lugar.
_ Uau! Que maravilha deve ter sido crescer nesse lugar! ele sorria também, e olhava para ela com admiração.
_ E você, não é daqui! Ela atirou.
_E por isso estava me olhando desde o momento em que eu entrei na água, certo?! ele agora estava se achando, todo seguro de sua diferença do habitante local.
_ Sempre o vejo. Você nadando como uma criança feliz. por alguns dias, eu venho surfar, e vejo você… e me deixou curiosa. Eu gosto muito de brincar também. Mas estou sempre com minha prancha. Ela agora segurava o objeto com as duas mãos tampando seu corpo com movimentos de balançadinhas.
_ Eu estou… ele parou e pensou por alguns rápidos segundos no que ia dizer… o universo iria ouvir, e sabia que teria que ter cuidado com certos caminhos… eu meio que estou morando aqui, quero ficar um bom tempo, porém sou um viajante… ele coçou a cabeça e abaixou o sorriso…
_ Prazer em conhecê-lo! Sou… ela estava com o braço direito esticado e os dedos abertos para apertar a mão dele…
_ Um prazer em conhecê-la, também! ele se aproximou e apertou a mão dela… _ pensei milhões de falas para vir aqui e trocar uma contigo, fiquei envergonhado e não quis parecer grosseiro… ele olhava diretamente para os olhos dela e ela devolvia a energia sentida pelos umbigos se conectando abertamente… _ só quis te dar um oi, falar com você um pouco pois vi que estávamos nessa troca… ele recuou um pouco e uma onda quebrou em suas costas… _ Hahaha! ela deu muitas risadas… _ Eu quero conversar com você, vamos sentar ali na praia? ela perguntou apontando para um lugar próximo as pedras lunares que desenhavam a paisagem…
……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………… imaginem o que eles conversaram até agora pouco…


Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: