Seres Imaginários…

O caminho parecia ser um tanto perigoso quanto atravessar uma ponte feita de uma árvore manhosa sobre um rio lá ao longe… a belíssima mãe natureza que guarda segredos infindáveis sobre seres que existem em nossos mais ricos sonhos, seriam verdades incrustradas dentro de nossos peitos, sentimentos que ainda não conseguimos entender e traduzir, e por isso; choramos…

Ratos roubam gelo dissimulados por uma garrafa de uísque que sei lá por que cargas d’águas deram um valor surreal para ela, e hoje as pessoas tomam se achando melhores que outras, por esse valor aí, que nada realmente vale…

Então percorreu esse caminho que era como uma viela espremida entre edifícios com arquitetura barroca, cores vivas e abauladas, e ao chegar no final encontrou-se com um lago de águas límpidas e curvou seu corpo para deixar seu chifre fazer o serviço, trocando energias desconhecidas e até então, desentendidas também…

Existem muitos planetas, iremos acabar com todos… quão é absurda essa ideia primaria de conquista, que hoje envia de nossos DNAs, para geração futuras informações imprecisas sobre uma convivência pacifica e expressa…

Saiu do seu mundo, mergulhou em uma gelatina de cérebros, sentiu as vistas sob as cortinas, mantos e névoas que fingiam proteger quem fingia estar escondido… olhares soturnos e seu medo de estar pensando sem parar, sem nenhum controle, para cortar a dor, um sentimento de buraco inerente a qualquer outra razão que possa ser… a pergunta que não cala, o que é viver?!

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s