Agradeceu!

Encontrava-se às margens de um enorme paredão de pedras… tão grandes e sem nenhuma saliência aparente, que o fazia pensar sobre como alguém poderia escalar um lugar como aquele…

Algumas formas vendes e marrons de uma vegetação espaçada lembrava-lhe árvores, contudo o desenho aparecia como uma máscara e as formas que surgiam movimentavam-se como pássaros e peixes…

Tudo era tão amplo em sua visão e poder contemplar tudo aquilo ao vivo era espetacular demais… quantas informações podemos captar da natureza se estivermos abertos a ela… e era pra ser uma pergunta, no entanto ele precisou olhar mais e mais e mais… muitas e muitas sensações e a permissão deixava raios de sol atravessarem nuvens, matas verdes, refletia nas pedras e acendia amor dentro dos olhos, onde tudo brilhava de uma maneira intensa e continua…

Pensamentos voavam aleatórios e ele viu maldade nos olhos das pessoas… e viu outros sentimentos também… viu algo bom, apertou os olhos, piscou várias vezes e depois, fechou-os devagar… parecia uma flor vermelha sozinha no meio de tanto verde…

Olhou para baixo de novo, não sabia medir aquela altura… e dentro de sua grandeza interior, conseguiu se colocar singular e pequeno o suficiente para entender sua passagem pela terra… e sorriu um largo e demorado abraço…

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s